Domingo, 29 de Julho de 2007

 

Na sexta-feira o honey resolveu fazer uma cachupada (prato típico de cabo verde) cá em casa e convidou alguns amigos pretos, bem como alguns amigos brancos.

 

Depois deste jantar cheguei a uma "brilhante" conclusão: os meus amigos brancos não gostam do meu namorado apenas o toleram! Incrível não é?!?!?

 

Pois então o que se passou foi o seguinte: os meus queridos amigos brancos resolveram isolar-se na cozinha pois os pretos fazem muito barulho! Acham normal???

 

É claro que quando eles foram embora voltaram para a sala...

 

Corrigam-me se estiver errada mas penso que afinal o racismo ainda existe mesmo ao nosso lado e nas pessoas das quais menos esperamos que ainda pensem assim!

 

Nem fiquei zangada, fiquei mesmo decepcionada, não esperava uma atitude destas...

 

Mas pronto, terei que me mentalizar que realmente o mundo ainda assim mesmo após anos em que foram os brancos a escravizar os pretos e não o contrário.

 

Faz-me realmente confusão que as pessoas distingam as outras apenas por terem uma cor de pele diferente! São pessoas como toda a gente!

 

Neste ponto possivelmente haverá pessoas que irão dizer que também há racismo dos pretos em relação aos brancos e é verdade pois já o senti na pele, no entanto, penso que o que se aplica aos brancos relativamente aos pretos também se aplica no contrário.

 

Bom, deixo-vos um vídeo da Amnistia Internacional...

 

 

 

 

 

 



publicado por Alma de Criola às 22:52 | | Comentar | Ver comentários (5)

Os Duendes são alegres, amam festas, músicas e danças. O comportamento varia; em geral baseiam em atitudes humanas por estarem próximos aos homens. Esta aproximação sempre é favorecida quando o ser humano está mais frágil e sensível.              

 

 

 

 

Os Duendes são ligados à Terra e geralmente conseguem controlar imprevistos da natureza

Os Duendes vivem vários anos e chegam a constituir famílias. Adoram comer e fazer brincadeiras tais como esconder objetos. Alguns possuem orelhas grandes e pontudas e grande quantidade de pêlos no corpo. Quando confiam nos homens se tornam fiéis e grandes protetores.

 

 

Magnodum: Duende da Magia

Tende: Duende da Sorte

Dunaz: Duende da Natureza

Dulei: Duende da Alegria

Duendo: Duende da União

 

 

Elementais: O Ancients dividiu o mundo em quatro princípios básicos ou elementos: terra, água, fogo e ar.

O ponto de vista mudou na maior parte com avanços da ciência, mas os quatro elementos são aceites porque estão ligados com as emoções e com a natureza. Estes elementos mágicos são também de alguma importância na astrologia.

 

 

 

 

Muitos ocultistas pensam dos elementos mágicos como forças ou como qualidades da energia especial dentro do mundo astral.

 

Cada elemento tem um símbolo e uma cor.

 

Os símbolos mais comuns são:

       - fogo: um triângulo que aponta acima

       - ar: um triângulo que aponta acima e com de uma linha horizontal através do meio dele;   

       - terra: um triângulo que aponta abaixo e com uma linha horizontal através do meio dele; 

       - água: um triângulo que aponta para baixo.

 

As cores dos elementos são:

      - fogo: vermelho;

      - ar: amarelo;

      - terra: castanho e verde;

      - água: azul.

 

 

 

 

Magick vê relacionamentos entre coisas. Estes relacionamentos são chamados correspondências. Embora as correspondências mágicas não sejam literalmente iguais a uma outra, você pode pensar delas de que maneira (tal como o ouro iguala o sol).

As tabelas destes relacionamentos, chamadas tabelas da correspondência, estão disponíveis. Assim um coisa ou símbolo podem ser usados para sugerir outro.

Alguns usam roupas tecidas do elemento em que vivem. Em outros casos a sua vestimenta é parte deles mesmos e cresce com eles como o pêlo dos animais. Afirma-se que os gnomos têm apetites insaciáveis e que gastam uma grande parte do tempo comendo; mas ganham seu alimento através de um trabalho diligente e consciencioso.

 

Muitos são de temperamento avaro e gostam de acumular coisas escondidas longe, em plantas secretas. Existem provas abundantes de que as crianças pequenas freqüentemente vêem gnomos, na medida em que seu contato com o lado material ainda não está completo e que elas funcionam, mais ou menos conscientemente, nos mundos invisíveis.

 

 

 

 

Os duendes estão estabelecidos no distrito de Dartmoor, na Cornualha.

É difícil citar um lugar em Dartmoor, que não seja "assombrado" pelas verdes criaturas travessas. Eles emprestam seus nomes a muitos marcos divisórios, Bosque dos Duendes, Cavernas dos Duendes, Salão dos Duendes, Pedra dos Duendes. Os pequeninos dançam às sombras das pedras verticais, ou fazem travessuras nas margens pedregosas dos riachos. O repicar de seus sinos pode ser ouvido no fundo do coração dos muitos picos rochosos dos terrenos não cultivados.

 

Os duendes traquinas adoram roubar cavalos e pôneis para cavalgarem loucamente pela chanerca, enrolando e embaraçando suas crinas, fazendo com que esvoacem ao vento. Mesmo em casa, não se está seguro com relação a eles pois gostam de atirar potes e panelas nas cozinheiras.

 

 

 

 

Embora apreciem muito uma brincadeira, os duendes são trabalhadores e esforçados e são vistos freqüentemente à noite debulhando milho em troca de pão e queijo.

 

As lendas dizem que são pequenos anões, um gnomo ou duende pode variar de 3 a 30 cm de altura. O comportamento varia; em geral baseiam em atitudes humanas por estarem próximos aos homens. Esta aproximação sempre é favorecida quando o ser humano está mais frágil e sensível.

 

Os Duendes são ligados à Terra e geralmente conseguem controlar imprevistos da natureza. Tanto Gnomos como Duendes vivem vários anos, cerca de cem anos e chegam a constituir famílias. Adoram comer e fazer brincadeiras tais como esconder objetos. Alguns possuem orelhas grandes e pontudas e grande quantidade de pêlos no corpo.

Quando confiam nos homens se tornam fiéis e grandes protetores.

 

 

 

 

Os guardiões do reino vegetal

 

Os espíritos que trabalham com as árvores, matas e florestas são os joviais duendes - que com seus olhos amendoados, corpo esverdeado e pés em formas de folhas, revelam sua íntima conexão com o reino vegetal.

 

A este grupo de elementais ligados às plantas pertencem os silvestres, os sátiros, as dríades, as hamadríades, os durdalis, os elfos e os "homenzinhos velhos das florestas". Muitos desse elementais são habitantes indígenas das substâncias em que trabalham. Por exemplo, as hamadríadres vivem e morrem nas plantas ou árvores de que são parte.

 

Afirma-se que cada arbusto, planta ou flor tem o seu espírito de natureza, que freqüentemente usa o corpo físico da planta como sua habitação. Os antigos filósofos, reconhecendo o princípio da inteligência que se manifesta analogamente em cada setor da natureza, acreditavam que a qualidade da seleção natural, exibida por criaturas que não possuíam mentalidades organizadas para tanto, expressavam decisões dos próprios espíritos da natureza. Assim, em defesa da planta que habitava, o elemental aceitava ou rejeitava elementos alimentícios, depositava na planta matérias colorantes, preservava e protegia a semente, e realizava muitos outros serviços benéficos.

 

Cada espécie era servida por um tipo diferente, porém apropriado, de espírito da natureza.

 

Aqueles que trabalhavam com cogumelos venenosos, por exemplo, tinham aparência ofensiva. As grandes árvores também têm seus espíritos da natureza, mas estes são muito maiores que os das plantas pequenas.

 

 

Retirado de: www.casadobruxo.com.br



publicado por Alma de Criola às 22:25 | | Comentar | Ver comentários (1)

Quinta-feira, 26 de Julho de 2007

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Alma de Criola às 23:35 | | Comentar | Ver comentários (1)

 

Pois hoje terminei a formação...

 

Já posso sentir-me uma técnica de segunda linha...hehehe...

 

Sinto-me bem pois o esforço de durante duas semanas me levantar ás oito da manhã (isto para quem só trabalha das 17:00 ás 00:00 é muito complicado, acreditem! lol) valeu a pena!

A minha nota final foi de dezoito!

 

 


Recompensada...

publicado por Alma de Criola às 19:45 | | Comentar | Ver comentários (2)

 Pra vocês avôs e avós todo o amor do mundo...

 

Desejo poder ter-vos junto a mim por muitos e muitos mais anos...

 

 

 

 

E para ti avô um grande beijo de parabéns pois hoje também é o teu aniversário...já fazes sessenta e sete anos...mas não consigo ver-te como velho apesar de já não teres tanta vitalidade como quando eu era pequena e me carregavas aos ombros a subir as escadas...ou quando me levavas contigo para a pesca e para conhecer sitios do nosso país...adoro-te muito muito muito**************


Bem...
Abri bu coração

publicado por Alma de Criola às 19:18 | | Comentar

mais sobre mim
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

FIM

Plano para o Fim de Seman...

Amizade

Regresso

Rápidas melhoras

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006